Decisão de adiar as Olimpíadas já está tomada, diz Dick Pound, membro do COI

O Comitê Olímpico Internacional já decidiu adiar os Jogos de Tóquio devido à pandemia de coronavírus, segundo Dick Pound, membro do COI.

O COI se dedicou quatro semanas para determinar o futuro das Olimpíadas deste verão, que deveria começar em 24 de julho.

“Com base nas informações do COI, o adiamento foi decidido”, disse Pound ao USA Today.

“Os parâmetros daqui para frente não foram determinados, mas os Jogos não começarão em 24 de julho, pelo que sei.”

Pound acredita que o COI anunciará sua decisão em breve, acrescentando: “Ela acontecerá em etapas. Adiaremos isso e começaremos a lidar com todas as ramificações de mudar isso, que são imensas. ”

Os comitês olímpicos e paraolímpicos do Canadá já anunciaram que não competirão em Tóquio neste verão, enquanto os australianos disseram a seus atletas que se preparassem para um adiamento para o verão de 2021.

O BOA, a Associação Paraolímpica Britânica e o órgão de financiamento UK Sport realizarão uma teleconferência com os principais executivos e diretores de desempenho dos esportes olímpicos e paralímpicos de verão na tarde de terça-feira para discutir o impacto do surto de Covid-19.

Há uma crescente expectativa de que eles farão um chamado coletivo para que os Jogos sejam adiados e aconselhem os atletas a se prepararem com base nisso.

Uma declaração dos organizadores do Tokyo 2020 na segunda-feira à tarde reiterou que as discussões seriam finalizadas nas próximas quatro semanas, acrescentando: “Nossos pensamentos estão com todos os afetados por esta crise, e continuaremos a priorizar a segurança de atletas, espectadores e todos outros participantes dos Jogos. ”

O chefe da Fórmula 1, Chase Carey, está planejando uma temporada revisada de 15 a 18 corridas quando o esporte recomeçar. O Grande Prêmio do Azerbaijão, que aconteceria em 7 de junho, foi adiado nesta segunda-feira, a oitava corrida a ser afetada até agora.

A UEFA adiou oficialmente as finais da Liga dos Campeões masculina e feminina e a final da Liga Europa, que devem ocorrer em maio. Nenhuma decisão foi tomada em datas reorganizadas.

Sobre De Leon Fernandes 393 Artigos
Analista de Sistemas. Apaixonado pelo futebol e pelo rádio esportivo. Empreendedor digital há 10 anos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*