Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
LibertadoresPalmeiras

Palmeiras volta a vencer o Colo-Colo e está na semifinal da Libertadores; veja os melhores momentos do jogo

550views

O Palmeiras é semifinalista da Copa Libertadores da América de 2018. Assim como no confronto de ida das quartas de final, o Verdão voltou a vencer o Colo-Colo por 2 a 0, desta vez no Allianz Parque, na noite desta quarta-feira (03). Os gols alviverdes foram marcados por Dudu e Borja.

O Palmeiras demonstrou ter equilibrio desde os minutos iniciais e aproveitou bem sua ótima vantagem imposta no jogo de ida, por 2 a 0, em Santiago-CHI. O Verdão, desde o início, valorizou a posse de bola e trabalhou bem a troca de passes, com poucas falhas e sem dar muito espaço ao time adversário.

Passado meio período da primeira etapa, o Verdão, que já estava com a situação controlada, ficou ainda mais leve com o golaço de Dudu, aos 36 minutos de bola rolando: o Baixinho arrancou do meio de campo, pedalou e chutou com força, de fora da área, de pé esquerdo, para abrir o marcador. (Palmeiras 1×0 Colo-Colo-CHI)

Na única vez em que o Colo-Colo chegou com perigo, logo depois do gol de Dudu, o goleiro Weverton se mostrou muito atento e intercedeu à jogada, trazendo alívio aos quase 38 mil palmeirenses presentes na noite desta quarta-feira no Allianz Parque. Com isso, os times foram para o vestiário com vitória parcial do Alviverde por 1 a 0.

No segundo tempo, o Verdão voltou com o ritmo ainda mais forte. Logo aos seis minutos da etapa final, Dudu invadiu a área chilena e foi puxado. O juiz colombiano Wilmar Roldan, em cima do lance, não teve dúvida e marcou pênalti. Para a cobrança, partiu Borja, que chutou com segurança no canto direito do goleiro e ampliou a vantagem alviverde, se tornando artilheiro da Libertadores, com nove gols. (Palmeiras 2×0 Colo-Colo-CHI)

O Maior Campeão do Brasil praticamente não sofreu grndes sustos até os minutos finais do duelo. Na reta final do certame, aos 30 minutos, o técnico Felipão resolveu mexer no time: entraram Hyoran no lugar de Dudu e Deyverson no lugar de Borja; em seguida, aos 37, ainda entrou Jean na vaga de Willian Bigode. Com 2 a 0 no jogo de ida e também no de volta, o Alviverde passou de fase com tranquilidade.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS DO JOGO

Agora, o Maior Campeão do Brasil aguarda o vencedor do duelo entre Cruzeiro e Boca Junior, nesta quinta-feira (04), para conhecer o seu adversário na próxima fase.

Com a classificação, o Palmeiras volta a figurar entre os quatro melhores da Libertadores pela 7ª vez na história (as outras semifinais foram alcançadas em 1961, 1968, 1971, 1999, 2000 e 2001). Portanto, um feito inédito alcançado pela primeira vez em 17 anos – a última havia sido em 2001.

1 Comment

Leave a Response

Bruno Canuto
Redator esportivo no Diário Esportes com experiência em assessorias de comunicação e de imprensa, com passagens pelo Uol Esporte e GE.